quarta-feira, janeiro 02, 2008

"Coimbra e os meus amores"

Não há melhor forma de começar o ano do que "postar" a contribuição de mais um amante de Coimbra. Américo Ferreira enviou-nos esta missiva:

Este é um título de um livro que um dia encontrei abandonado em terras de África (sei que foi em Angola mas a data perde-se na memória). Depois de o ler ávidamente e com lágrimas nos olhos, o dito livro desapareceu como magia, quem sabe, para saciar as saudades dum outro amor por Coimbra também ausente por essas paragens.
É como um recordar dessa leitura que aqui vos deixo algo que muitos de nós em dias melancólicos recorda a nossa Coimbra.

"Oh Coimbra quem me dera
Ser igual aos teus cantores.
E como eles ficar à espera
Que volte a ser Primavera
Na Fonte dos teus Amores.

Não esqueço que era ofensa
Ao livro que tu me lês;
Onde sofro a dor imensa
Do drama que em ti silença
De D. Pedro e de Dona Inês.

Oh Coimbra quem me dera
Ter vivido noutra idade;
Pois mais cedo conhecera
O Fado, que alguém já lera
No Penedo da Saudade.

É que tu és um sonho antigo.
Embora breve fosse a hora
Em que foste meu abrigo,
Por isso sonho contigo
E lembro tempos de outrora.

Oh Coimbra quem me dera
Voltar de novo ao Mondego,
Que corre manso e se esmera
Para deixar coberto d' hera
Apenas mais um segredo.

E à Lapa e ao Choupal
Em cujas sombras coubera
Num sonho quase irreal!
Ai se eu voltasse a ser igual
Oh Coimbra... quem me dera!"

Um abraço

Agora faz parte da equipa! :)

Um bom ano para todos.

8 Comments:

Blogger Sol da meia noite said...

Lindo post!

Bom Ano para ti também.
Sonha e corre atrás dos sonhos neste 2008. Que seja o Ano em que sonhos se realizem...

Xi-coração

5:12 da tarde, janeiro 03, 2008  
Blogger Tozé Franco said...

Bonto poema...
Excelente reforço para a equipa.
Para todos os leitores e visitantes des blog, um bom ano de 2008.
Um abraço para todos.

9:04 da tarde, janeiro 03, 2008  
Blogger Stôra said...

Quem não ama Coimbra? Basta visitá-la uma vez! :)

Coimbra dos amores,
Dos penedos e da saudade,
Quem lá estudou sofre horrores
Quando deixa a cidade.

(Peço desculpa, mas o dia hoje é de pouca inspiração poética)

Obrigada pela visita ao meu blog. Adicionei um link para o seu blog, espero que não se importe.
*Cumprimentos*

10:34 da manhã, janeiro 06, 2008  
Blogger SoNosCredita said...

lindo!

obrigadA!!!

1:21 da tarde, janeiro 09, 2008  
Blogger o amigo do sotix said...

Caro amigo, obrigado pela visita ao lago pacifico e já agora parabéns também pelo vosso blog, permita-me que lhe pergunte: o Sr. Américo Ferreira por acaso viveu na Suiça?
Um abraço

3:47 da tarde, janeiro 11, 2008  
Blogger O Profeta said...

Inventei uma cidade colorida
Pintei um lago ao pé da tua porta
Coroei-te com diadema de sal
Lancei à sorte esta folha já morta


Boa semana

4:29 da tarde, janeiro 22, 2008  
Anonymous Anónimo said...

Pode não ter nada a ver com o assunto aqui tratado, mas porque a cultura é um “bem” importantíssimo a defender, convido-vos a participarem nos VI Jogos Florais de Avis, que já são uma referência no panorama cultural português. Sendo uma iniciativa da Amigos do Concelho de Aviz-Associação Cultural, o regulamento está disponível em www.aca.com.sapo.pt
Concorram e boa sorte.
Saudações culturais.
P’la ACA,
Fernando Máximo!

4:49 da tarde, janeiro 28, 2008  
Blogger *Nita* said...

Coimbra é sem dúvida uma bela cidade para visitar, já nem falando de morar cá :) Fiquei intrigada com a terceira fotografia, local muito bonito, já agora onde fica?

8:36 da manhã, junho 13, 2008  

Enviar um comentário

<< Home